Mãe, tô na Grobo!!

maio 14, 2006

Durante os jogos de futebol transmitidos pela TV vemos muitas e muitas pessoas querendo aparecer com cartazinhos do tipo "Mãe, tô na Grobo!!" ou "Galvão, filma eu!" algo que muitas vezes é bem engraçado, mas enfim, não vem ao caso.

Bem, imagine a situação: você vai ao estádio como milhares de pessoas, mas você aparece em um veiculo de comunicação de escala nacional (ou até mesmo mundial), é uma situação extremamente agradável, mesmo que você apareça por 5 segundos, tempo apenas suficiente para quem te conhece notar que é você; Mas é exatamente isso que muda tudo, você deixou de ser apenas um "pacato cidadão assistindo jogo" (leia-se usuário) e passou a "fazer parte da programação da emissora de TV" (aí o usuário passa a criar o conteúdo, a interagir com o conteúdo diretamente, passa a se ver dentro do seu meio de comunicação e entretenimento).

Sim, esse post vai cair no lugar-comum de todos os outros sobre Web 2.0, o usuário com um papel maior que usuário. Há quem fale numa nova "doutrina", userless, muito radical até para mim, mas acho que o caminho é esse, pensar no usuário não mais como aquele cara que senta na frante do computador para ver o que está em um site, e sim para SE ver em um site, SE ver construindo ao menos uma parte de todo o processo (mesmo que seja uma parte pequena).

Em especial gostaria de chamar a atenção para os blogs, que ganharam extrema força no país, que se tornou até mesmo uma forma de adquirir e passar conhecimento, de gerar discussões (nem sempre amigáveis), de propagar novas ideias por todo o país, para todo mundo que trabalha na área de internet (ou em qualquer outra área que seja). É uma forma "simples" de ver como a Web 2.0 vem invandindo as nossas vidas, e também é uma forma de ver como esse investimento no usuário vem se tornando cada vez mais produtivo. E mais em especial ainda gostaria de chamar atenção para os blogs institucionais, pois apesar do preconceito que ainda existe com relação a blogs no Brasil (¬¬), acho que esse tipo de blog ainda vai tomar força, pois mostra ao cliente a empresa, sem tantas barreiras formais, deixa um ambiente de que o cliente "está em casa", leva o cliente diretamente para dentro da empresa, dá a opção do cliente de mostrar sua opinião sobre os trabalhos, além de outras vantagens como mais dinamismo, mais acessibilidade, conteúdo 100% desligado de layout (atingindo dispositivos móveis e tendo a opção de atualização em qualquer lugar).

Enfim, é uma simples observação da Web 2.0 até mesmo na televisão (sem perder é claro o trocadilho com o dia das mães, enfim parabéns a todas essas mulheres que fizeram do mundo um local mais populoso rsss lol )

That's all🙂

2 Respostas to “Mãe, tô na Grobo!!”

  1. Gostei da metáfora. Traduz bem o esquema do usuário querer se expressar e não mais, somente receber informação.

    []s!

  2. rochester said

    Valeu ^^
    é exatamente isso, o usuário sempre querendo “aparecer”, participar mais do processo. E a web 2.0 ganhando mais e mais força…

    []’s

    xD

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: