SEO (Search Engine Optimization) é um termo utilizado para designar a melhora do pagerank do site, e consequentemente sua melhora nos dispositivos de busca.
Serão falados aqui alguns fatores que são considerados os mais importantes para melhorar o pagerank de um Site, citando também quão certo é de que esse fator é importante (geralmente há opiniões diferentes sobre cada um dos fatores, aqui irei expor sob a minha opinião, em vista do que já pesquisei =] ), com o objetivo de aumentar o número de visitas em um site via dispositivos de busca, e também atualização maior pelos dispositivos de busca (sites com um ranking melhor tem um tempo menor entre visitas de robôs de busca).

Teoricamente os 10 Fatores mais importantes são:

1- Tag Title
2- Texto dos links (o que fica entre o <a> e o </a>)
3- Uso de Palavras-Chave no Documento
4- Acessibilidade do Documento
5- Links para páginas internas
6- Assunto principal do Documento
7- Links Externos
8- Popularidade links para o Site
9- Popularidade Global do Site
10- Spam de Palavras-Chave

1- Tag Title:

É uma das primeiras coisas definidas no HTML, será esse o título do site, que aparece no topo da janela do navegador, ou na barra inferior. Ele pode ajudar a definir palavras chave do site, o tema dele, evite colocar “lixo” nessa parte (como caracteres diferentes, ou palavras que não têm a ver com o site).

2- Texto dos Links:

Os dispositivos de busca buscam se o texto procurado está também em um link, dando mais peso a isso (por isso evite links com “clique aqui”, ou sinônimos XD).

3- Uso de Palavras-Chave do Documento:

O uso das palavras que são procuradas no texto (uma olhada nos logs das palavras que mais chegam no site é uma boa :))
4- Acessibilidade do Documento

Gera mais dificuldades na indexação (existe isso? =]), se os spider não conseguem chegar no Site, eles não conseguirão indexar. Podem ser gerados erros por diversos fatores, como links quebrados, requisição de plugins, ou mesmo redirecionamento por url, onde os spiders não conseguem seguir.
5- Links para páginas internas:

A importância de uma página em toda a arquitetura do site pode ser medida através da quantidade de links internos que levam a ela. Uma página mais linkada internamente é mais considerada do que alguma que quase não tem links.
6- Assunto principal do Site:

Definir bem o nicho do site pode ajudar a ter um ranking melhor. Definindo seu objetivo principal, as buscas por termos relacionados têm mais chances de chegar ao seu site. Há quem diga até que esse é o motivo pelo qual alguns sites “pequenos”, ou com menos nome na comunidade web no geral, aparecem antes de sites grandes, mas sem conteúdo principal facilmente definido, como a Wikipedia.

7- Links Externos

Sites de fora apontando para o site dão mais força e confiabilidade. Mas a importância dada a esse fator depende também do site que leva ao seu.
8- Popularidade dos links para o Site no nicho pesquisado:

São formadas comunidades de links, onde um leva a um site, que leva a outro site, que leva a outro site, que leva ao primeiro. A popularidade da Site na comunidade pesquisada também conta bastante no pagerank.
9- Popularidade Global do Site

É a quantidade de links de sites com pagerank bom (ou não) ao seu site. Quanto melhor o pagerank do site que linka o seu, melhor para você :D.
10- Spam de Palavras-Chave

Encher de palavras-chave na tentativa de parecer mais “relevante” pode causar um ranking ruim.

Outros Fatores interessantes são:

*Semântica do Documento – É a utilização correta das tags de título ( <h1>) , de parágrafo (<p>), de subtítulos (<h2>) e assim dando relevância aos pontos certos do documento, e ao site como um todo.
* “Idade” do site –Calculados com base no tempo em que o 1° spider chegou até o site. Sites mais antigos podem ser considerados mais “confiáveis”.
* Meta Tags – Tags colocadas entre o <head> e o </head> por exemplo a de descrição do site <meta name=”Description” content=”Descrição”>. É questionável sua influência no geral, pela facilidade de manipulação.
* Uso de “Alt” em tags de imagem – É o uso da propriedade alt na hora da inserção de uma tag de imagem (<img alt=”texto a ser exibido”>). Pode ser mais considerada em buscas específicas por imagens.
* Tamanho dos arquivos – Para alguns dispositivos o tamanho pode influenciar, sempre baseado nas palavras usadas. As vezes um artigo maior (baseado no numero de palavras) pode ser mais relevante, outras vezes algo mais sintético é melhor.
* Hífens no nome do domínio – Em alguns casos, o uso de hífens sugere uma qualidade menor, ou mesmo ou site de spam.
* Existência de mapa do site ou busca no site – Analisado pelo texto do link, e pode ser entendido como um site mais confiável.
* Extensão do Domínio – Extensões como “.edu” , “.gov”, “.mil” ganham mais relevância no geral do que “.com”, “.net”, e outras.
* Título no link – Pode ser utilizado para avaliar a relevância dos links. Pode ser mais importante ainda em casos que não há texto no link, ou ele não faz nenhum sentido (como “clique aqui”, ou uma seta “->”).
* Tamanho da URL – É um componente que se analisa para ponderar a confiança do site, URL’s longas são vistas como não-usáveis, ou Spam.
* Links Quebrados – Os famosos erros 404 têm um impacto negativo para os dispositivos de busca.

Todas os fatores mencionados aqui são com o objetivo de melhorar o ranking de forma lícita, sem nenhum tipo de burlagem dos sistemas de busca :D. E vale lembrar que as práticas de burlar os sistemas de busca para melhorar o pagerank resultam em punições muitas vezes graves, como a não indexação das páginas do site, ou seja, o site não aparece nas buscas.

//Recomendo a leitura desse artigo em inglês, muito completo, que ajudou a formar minha opinião para muitos pontos vistos aqui.

That’s All 🙂

Post Relâmpago

agosto 27, 2006

Para quem acompanhou a polêmica toda do MXStudio, sobre Flash e ficou com o dedo coçando para participar… bem, como sou um rapaz bonzinho, deixo o link do tópico recém-criado para toda essa discussão.

That’s All 🙂

Bem, depois da publicação da minha coluna no MXStudio, me deparei com um post do Lucas Marçal, falando que não concordava e tal. É sobre a polêmica gerada quanto ao uso do flash para a criação de sites completos, e eu realmente acho que não vale a pena…

Não vou repetir aqui todos os motivos que ja foram tão falados, ou mesmo acrescentar novos argumentos (e acreditem, ainda há MUITOS) basta dizer que os próprios desenvolvedores dos sites estão vendo que não compensa. Do site do Pé Na Trilha por exemplo, que era um e-commerce feito todo em flash. Os caras agora estão com uma versão em html, que provavelmente dá um retorno maior, com metade do consumo de banda, ou dores de cabeça que já são padrão para nós (Peço desculpas ao pessoal do pé na trilha por citá-los aqui, e pela hipótese levantada).

Enfim, se quem usou para um projeto grande como esse acabou desistindo… Quem sou eu para falar mais alguma coisa =]

That’s All 🙂

Sabado haverá uma palestra fechada aos alunos da Microlins de Itajubá, sobre Design de Interação, que será feita por mim e pelo Fabiano.

Sim, será a minha primeira palestra =] sempre fui tímido demais pra essas coisas… O foco será alguns princípios de Design de Interação, e estudo de 3 casos mostrando a diferença do publico e como ela reflete no layout do site.

Irei postar algo sobre, depois da palestra, provavelmete com o material utilizado… Espero que o pessoal goste =D

That’s All 🙂

Há alguns dias atrás enquanto eu e o Fabiano discutiamos sobre questões filosóficas extremamente importantes para o futuro da nação, ele comentou sobre o posicionamento da coluna de Usabilidade na home do MXStudio. Ela parecia ter passado para um patamar mais alto. E realmente tinha passado =]

Fiquei em dúvida se poderia ser uma ilusão de ótica, ou algo do tipo, mas minha dúvida foi tirada quando perguntei ao Fábio Ricotta sobre:

rochester: é só pra perguntar c eh ilusão de ótica ou a parte de usabilidade foi pra cima no mxstudio? =D

fabio: opa, eu mexi lá , vcs estão mandando bem, queria dar um UP na área hehe, mais visualização; se pararem de escrever eu desço dnovo einnnn 😛 super ameaça agora huaehuae.

Ou seja, além de melhorar a parte de Usabilidade, as pessoas que a fazem (Eu e o Fabiano, por enquanto) também crescem =D

E não esqueçam de acompanhar como estão as coisas por lá (MXStudio), =] .

That’s All 🙂

Top Esquizitices da Semana

agosto 14, 2006

Top das palavras de busca mais estranhas ou engraçadas (engraçadas pra mim pelo menos) usadas para chegar aqui :

1 ° – site thiago prazeres (q sacanagem com o cara =D)

2 ° – maquínas que ajudam o homem diminuíndo (bla, o que é isso?)

3 ° – origem da palavra simplicidade ( [?] tah neh)

4 ° – grobo (esse aparece muito.. =] )

5° – o perigo vem e onde menos se espera filo (o cara deve ter desistido de digitar o resto )

Enfim… cada uma… 🙂

That’s All 😀

Fator Cultural

agosto 10, 2006

Bem, para não passar muito tempo em branco, resolvi escrever algo bem curto, mas interessante…

Para entender como Design de Interação (assim como tudo na vida) é um fator cultural, vamos pegar um exemplo simples para nós, mas que um usuário dificilmente entenderia. Imagine um administrador de redes com seu celular andando na rua e falando com o estagiário que está na empresa. “Como está o tráfego por aí?”, “Os pacotes estão chegando aos usuários?”, “Os usuários estão satisfeitos?”, “Já baixou o Demo hoje?”,”Já verificou como é que tah a banda hoje?”

Ou seja, no entendimento de quem fala, tudo isso é normal, mas quem vê de fora irá entender as coisas de acordo com o vocabulário que a pessoa está acostumada, que geralmente não é o técnico…

OBS: Tomem cuidado as falar esse tipo de frase perto de algum policial ou coisa do tipo… Além dele entender errado, pode dar pepino… XD

e é só

That’s All 😀

Continuação do artigo anterior, publicado no mxstudio.

Favicon.ico – Parte Prática

Pequena Introdução

Esse artigo é uma “continuação” de um outro publicado na seção de Usabilidade, com os conceitos teóricos.

Quem conhece as ferramentas do fireworks deve estar se perguntando “mas como eu vou fazer um arquivo .ico no fireworks? Até onde sei ele não exporta .ico…”. Aí vem a grande sacada =] . Algumas pessoas já tem o conhecimento de como criar e colocar no site o tal ícone, mas o que poucas pessoas sabem é que o formato do favicon.ico não precisa ser .ico (ícone), isso mesmo, ele pode ser favicon.jpg, iconedosite.png, preto-com-bolinhas-amarelas.gif (apesar que eu só testei gif e jpg…).

Pré-Requisitos

Macromedia Fireworks (qualquer versão dá certo, mas aqui eu usei o 8).
Bloco de Notas, Dreamweaver, Context ou qualquer outro editor de HTML que você preferir.

Objetivo

Criar e inserir no site o Favicon, que foi falado em um outro artigo, mas abordando mais sua funcionalidade. Nesse exemplo criaremos o ícone do MXStudio.

Conteúdo

Vamos então começar.

1 – Crie um arquivo de 16×16 com fundo transparente (testei também com o tamanho de 32×32 e deu certo, mas nenhum outro tamanho foi testado). File (Arquivo) – > New (novo) ou Ctrl + N .

2 – Vamos usar um zoom grande e a grade, eles ajudam muito em tamanhos tão pequenos. Para adaptar o zoom basta ir em View (Visualizar) – > Fit All (Mostrar tudo) ou Ctrl + 0 (zero) . E para Adaptar a grade vá em View (Visualizar ) – > Grid (Grade) – > Edit Grid (Editar Grade) e coloque em 1px por 1px. Se a grade não estiver ativa vá em View (Visualizar ) – > Grid (Grade) – > Show Grid (Mostrar Grade) ou Ctrl + Alt + G .

3 – Selecione a Pencil Tool (B) com a cor #0E88BD e desenhe algo mais ou menos assim:

4 – Agora com a Pencil Tool mesmo, mas com a cor #5F5C5C desenhe o resto do “m” :

5 – Vamos configurar a exportação em formato gif. No painel Optimize (Otimizar) [ Se ele estiver desabilitado vá em Window (Janela) – > Optimize (Otimizar) ou aperte F6 ] coloque GIF , no Matte (Arremate, acho) selecione o transparente (branco com uma linha diagonal vermelha), e coloque “Alpha transparency” (Tranparência do Alfa), como mostraa figura a seguir:

6 – Agora vá em File (Arquivo) – > Export (Exportar) ou pressione Ctrl + Shift + R e escolha o destino da imagem. E pronto, agora é so colocar uma linha no HTML, que será mostrada abaixo.

7 – Abra o editor HTML de sua preferência e coloque esta linha entre as tags <head> e </head> :

<link rel=”shortcut icon” href=”endereco-do-seu-icone-aqui.gif”>

Considerações finais

Vim nesse artigo mostrar na prática como é facil criar um ícone para um site, artigo este que veio complementar a teoria já citada.

Bem, espero que tenham gostado, e principalmente que usem esse recurso com bom gosto.

That’s All 🙂

Rochester Oliveira – Coluna de Fireworks
Para qualquer dúvida ou sugestão:
Mande um e-mail para Rochester Oliveira – rochester@mxstudio.com.br
ou visite o fórum do MXStudio